Ananindeua elege 15 Conselheiros e 18 delegados para a Conferência Estadual

Após dias agitados e de discussões propositivas na 4ª Conferência das Cidades, o município de Ananindeua elegeu os 15 conselheiros e os 18 delegados que representarão a cidade na Conferência Estadual, a ser realizada em setembro, em Belém. 

Os participantes debateram sobre os eixos temáticos ‘Participação e Controle Social no Sistema Nacional de Desenvolvimento Urbano – SNDU’; ‘Fundo Nacional de Desenvolvimento Urbano – FNDU’; ‘Instrumentos e políticas de integração intersetorial e territorial’; ‘Políticas de Incentivo à Implantação de Instrumentos de Promoção da Função Social da Propriedade’; ‘Habitação’; ‘Planejamento’; ‘Mobilidade/Trânsito e saneamento’. O evento foi realizado no auditório do Seminário Pio X, em Ananindeua.

Segundo o secretário Municipal de Habitação, Isan Guimarães, a Conferência foi um encontro positivo com a sociedade. “A Conferência contribuiu de forma positiva, pois os participantes puderam discutir as propostas de forma democrática. Dessa forma, o encontro conseguirá proporcionar mudanças significantes nos serviços oferecidos para a população”, disse o secretário.

Para o secretário municipal de Segurança, Zezinho Lima, a Conferência é um marco na administração do prefeito Manoel Pioneiro. “O encontro proporcionou um diálogo mais amplo com a sociedade, acrescentando informações fundamentais para o desenvolvimento de uma cidade melhor”, afirmou.

Já para o secretário municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Juventude, Alexandre Gomes, a Conferência possibilitou uma maior integração. “A Conferência foi importante porque discutiu políticas públicas nas áreas de saneamento, habitação, esporte e lazer, que a partir de evento devem trabalhar de forma integrada. Portanto, o encontro teve por objetivo debater os problemas da população e buscar soluções, para assim construir uma cidade que proporcione qualidade de vida”, comentou.

A Conferência das Cidades em Ananindeua reuniu representantes de Associações, Federações, Crea e Ongs, que puderam expor as necessidades do município de Ananindeua e também contribuíram para um melhor desenvolvimento dos serviços públicos.

 

Texto: Danila Oliveira – Comus PMA

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s