Programação cultural marca combate ao abuso e exploração sexual em Ananindeua

A Prefeitura Municipal de Ananindeua (PMA), por meio das secretarias de Assistência Social (Semcat) e de Esporte e Lazer (Secelj), realiza nesta sexta-feira (17), a partir das 17 horas, programação alusiva ao dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que ocorre no dia 18 de maio.

A campanha “Faça Bonito” no município, terá no seu roteiro eventos que vão desde apresentações de dança, teatro e balé feitas pelas crianças e adolescentes atendidas nos CRAS de Ananindeua até uma sequência de palestras de prevenção e conscientização sobre o tema na rede municipal de ensino.

Ananindeua é um dos municípios brasileiros que apóia a campanha nacional de enfrentamento ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes que nesse sábado chega ao 13° ano de mobilizações pelo dia instituído pela Lei Federal 9.970/00. Em 2013 a Semcat tem intensificado o trabalho de apoio e reformas junto aos Conselhos Municipais, Centros de Referências, abrigos e todos os agentes públicos que tem a função de acolher e acompanhar famílias com crianças e adolescentes em situações de risco pessoal e vulnerabilidade.

Segundo os dados do Centro de Referência Especializada de Assistência Social em 2012, o CREAS Ananindeua realizou aproximadamente 480 atendimentos a vítimas de violência. Destes 210 vitimas de violência sexual. Nos primeiros 05 meses de 2013, o CREAS Ananindeua já atendeu 120 casos de vítimas de violência sexual. Desse total, mais de 50 casos foram acolhidos e estão em atendimento.

Para Rosete Cardoso, coordenadora da Proteção Básica da Semcat, o combate ao abuso e à exploração sexual infantil se efetiva quando a população é informada sobre onde procurar ajuda e quando o poder público trabalha com o fortalecimento das redes de atendimento que recebem as vítimas. “A articulação ordenada da assistência social com as demais políticas de enfrentamento pode mudar o quadro atual desse tipo de violência, inclusive quando as denúncias são apuradas e levadas à sua plena resolução”, avalia.

A programação da campanha que acontece na Praça da Bíblia tem por objetivo mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.

Para combater e em casos de suspeita ou conhecimento de alguma criança ou adolescente que esteja sofrendo violência, todos devem denunciar. Estas podem ser feitas a qualquer uma dessas instituições:

•        Conselho Tutelar da cidade;

•        Disque 100 e 181 – canal gratuito e anônimo;

•        Escola, com os professores, orientadores ou diretores;

•        Delegacias especializadas ou comuns;

•        Polícia Militar, Polícia Federal ou Polícia Rodoviária Federal;

•        Número 190;

 

Texto: Jéssica Ferreira – Comus PMA

 

This entry was posted in Uncategorized. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s